[Variância Negativa] A importância do professor na escolha da profissão

sexta-feira, 14 de junho de 20130 comentários

Um contato saudável entre aluno e professor é essencial para firmar a relação dentro da sala de aula. Mesmo que o aluno não goste ou não seja bem sucedido na matéria, o interesse do professor em aperfeiçoar sua aula pode fazer com que um desinteresse se transforme em apreciação. 


Eu, por exemplo, tive um professor de geografia bem difícil, tanto de lidar quanto na forma de cobrar a matéria,  mas como eu já tinha um interesse,  achei que sua didática conceitual não fosse um grande problema, porém  era inevitável  a aula maçante.  


A turma e o professor tiveram divergências até o ensino médio, quando ele passou a dar abertura para um diálogo e mudou o tipo de aula, inovando com slides e trabalhos práticos. No ano do vestibular, conseguimos um bom desempenho justamente pela atualização e experiência do professor.


Com diálogo constante e apresentação não só da matéria, mas também de suas aplicações, passei a me interessar por geografia como profissão. A partir dela, conheci a Estatística, que hoje é meu curso. Por mais que seja difícil até mesmo começar um diálogo com o professor, é um passo importante para a melhora do aluno tanto pessoal quanto profissionalmente, pois nessa época escolhemos nossa carreira.


Quem escreve?
Fernanda Rodrigues, blogueira e estudante de Estatística na ENCE.


Este é mais um post da coluna Variância Negativa: um papo sobre a vida do estudante de Estatística.
Por Vinicius Leite e Fernanda Rodrigues.
Compartilhe :
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Estatisti.co - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger