[Variância Negativa] Guerra dos Royalties: sobrou para os estudantes

terça-feira, 12 de março de 20130 comentários


Bolsas de estudantes da UERJ são suspensas e alunos se mobilizam. Governo volta atrás e decide liberar pagamentos da área da educação e da saúde.


Após o Congresso Nacional derrubar o veto da presidente Dilma Roussef ao projeto de lei que trata da redistribuição dos royalties do petróleo entre os Estados e Municípios, o governador do RJ, Sérgio Cabral, determinou a suspensão de todos os pagamentos do Estado, com exceção dos servidores públicos.

Com isso, estudantes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) tiveram suas bolsas cortadas. Em entrevista ao jornal O Globo, o estudante de Estatística e bolsista da Instituição, Pedro Oliveira, disse: “Recebemos a bolsa sempre no dia 10, mas geralmente atrasa um ou dois dias Se eu não receber o benefício, terei que parar de estudar, serei um caso de evasão. Uso metade dos R$ 400 que recebo para transporte e o restante para alimentação, xerox e material.”

Na última sexta-feira, Ricardo Vieiralves, Reitor da UERJ divulgou uma nota:

“O estado do Rio de Janeiro atravessa um momento de gravidade sem precedentes. A derrubada, pelo Congresso Nacional, do veto da presidente Dilma Rousseff a uma nova forma de distribuição dos royalties de petróleo, retira do estado do Rio de Janeiro praticamente 25% da sua receita líquida. Ao contrário das universidades federais, que recebem recursos diretos da União, a UERJ precisa de um estado operando em boas condições para que possa funcionar bem e atender às demandas da sua comunidade e também da sociedade fluminense.
Desde 7 de março o sistema financeiro do estado do Rio de Janeiro está bloqueado por determinação do governo Sérgio Cabral. Os empenhos estão bloqueados. Como Reitor, estou agindo no sentido de minimizar danos, de modo que sejam os menores possíveis para a comunidade universitária. Neste momento estou em tratativa com o Governo do Estado para que a situação da Universidade volte à normalidade o mais rápido possível. Espero contar com a compreensão e a solidariedade de todos.
Rio de Janeiro, 8 de março de 2013.
Ricardo Vieiralves - Reitor"




Mobilização na internet


A página no Facebook, UERJ da depressão, entrou na campanha pela retomada dos pagamentos aos alunos. Em uma postagem, alunos escreveram: “Hoje o dia amanheceu cinza. Está nublado. Não tem sol e também não tem dinheiro na conta”. A mensagem teve mais de mil compartilhamentos.




Governo volta atrás

Em nota, o Governo do Estado disse que “o governador Sérgio Cabral decidiu liberar os pagamentos das áreas da educação e da saúde no próximo dia 18 de março.”
Da mesma forma, a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, disse que  “o pagamento de todos os docentes e bolsistas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), por exemplo, está assegurado até esta quarta-feira (13/03).”

Com informações de O Globo.


Este é mais um post da coluna Variância Negativa: um papo sobre a vida do estudante de Estatística.
Por Vinicius Leite.
Compartilhe :
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Estatisti.co - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger