[Variância Negativa] Escolha da profissão deve ser bem pensada

sexta-feira, 15 de fevereiro de 20130 comentários




No início deste ano o SISU ofereceu mais de 600 vagas para Estatística em todo o país (até fizemos um post sobre isso). A Escola Nacional de Ciências Estatísticas, no RJ, registrou alta de até 73,4% na procura pelo Bacharelado. Apesar disso, infelizmente a nossa profissão ainda não é muito conhecida e muitos prestam vestibular sem ao menos saber que ela existe e que seria uma opção.


Numa sala de ensino médio você encontrará vários alunos tentando direito, engenharia e medicina, por exemplo, mas também vários deles sem saber o que fazer. De fato, é uma decisão muito difícil. Mas vamos por partes.









O SISU


Desde 2009 está em funcionamento o Sistema de Seleção Unificada, o SISU. Após fazer as provas os candidatos podem se candidatar às vagas de vários cursos de várias instituições em todo o Brasil. Apesar de alguns problemas, como instabilidades no sistema e vazamento de informações, o SISU ampliou o acesso às vagas em universidades e organizou o vestibular.



Como funciona 

Durante um período, o sistema abre as inscrições durante o dia e na madrugada fecha para balanço. No dia seguinte, são divulgadas informações que permitem o candidato avaliar se ainda é vantajoso permanecer na luta por determinada vaga. Ele tem acesso à nota de corte (menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados) e à sua colocação parcial. Caso alguém veja que está longe de conseguir um lugar pode ficar perambulando pelo sistema atrás de uma vaga (isso tem seus pontos positivos e negativos). Essa dinâmica ocorre até o fechamento do sistema.



O que não fazer

Você que está prestando vestibular deve se candidatar à vagas de cursos que se identifica. Não faça do SISU um cardápio de vagas. Jamais tente entrar num curso que não conhece direito ou não tem vontade de fazer, somente para estar dentro de uma universidade.
Procure saber mais sobre a profissão e a instituição de ensino. Se você conhece alguém que exerce a profissão que você pensa em seguir, procure saber como é o dia a dia de trabalho dela.
Muitas vagas são para outros estados, então antes de se inscrever para outro local avalie a possibilidade de mudança e converse com a sua família.



Por que Estatística?

Numa pesquisa rápida na internet você encontrará matérias dizendo que a Estatística é a profissão do futuro e que os estatísticos entraram em cena. Cada vez mais essa profissão está sendo valorizada. O salário inicial é de R$ 2,5 mil a R$ 3 mil e pode chegar até R$ 20 mil. Além disso o profissional tem a segunda maior média salarial do Brasil, atrás apenas dos médicos.
Se você tem uma boa base matemática, raciocínio lógico, tem afinidade com o computador e se comunica bem, a Estatística pode ser a profissão dos seus sonhos.



E você? Sempre sonhou em fazer Estatística? Sempre foi a sua primeira opção?
Está pensando em fazer vestibular para Estatística? Tem alguma dúvida? Fale com a gente!


Este é mais um post da coluna Variância Negativa: um papo sobre a vida do estudante de Estatística.
Por Vinicius Leite




Compartilhe :
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2011. Estatisti.co - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger